Decoração Rústica, já pensou em fazer na sua casa?

Decoração Rústica, já pensou em fazer na sua casa?

O inverno chegou e uma das decorações que mais combinam com a estação é a decoração rústica. Mas será que quem mora na cidade pode fazer esse tipo de decór? A seleção de ambientes abaixo prova que o estilo, se bem dosado, é capaz de trazer aconchego a qualquer espaço, seja ele no campo ou na cidade.

Conheça os estilos e apaixone-se:

Toque vintage

O que mais chama a atenção nesta cozinha é a ilha em madeira clara. Este é o móvel que evoca uma atmosfera rústica, de decoração de fazenda. A madeira aparece também nas vigas do teto, na cristaleira à direita (com visual bem desgastado), nos batentes das janelas e nas prateleiras que expõem os conjuntos de louças - super bem ordenados.

Sala de fazenda

Esta decoração resgata materiais naturais. Repare na antiga porta de celeiro reaproveitada que divide o ambiente de estar do estúdio de cerâmica do casal proprietário -- quando deslizada, ela pode facilmente guardar a privacidade da área de trabalho. A sala com lareira e a manta de lã ajudam a compor um ambiente quentinho.

Jantar mid-century

Linhas racionais, característica do estilo mid-century, aparecem na luminária e nas cadeiras eleitas para esta sala de jantar, imprimindo ali ares sofisticados. Outros elementos da decoração, no entanto, recorrem à estética rústica, e, assim, nasce o clima de casa de campo com toques modernos. Destaque para o painel de madeira e para o tapete de couro.

Rústica e minimal

Os elementos estruturais desta sala ficaram à mostra e foram pintados de branco para dar um ar mais leve ao ambiente. Assim, o clima rústico ganhou tons pastel, com destaque para a bancada de mármore. A estrutura divide o pano de fundo da cena com a parede cinza esverdeado. À frente delas, móveis com estética minimalista brilham.

Texturas aconchegantes

Pé-direito alto, iluminação natural e materiais acolhedores criam uma decoração elegante e sem exageros nesta sala. A combinação de dois tapetes sobrepostos, com diferentes espessuras, confere um ar despojado e chique, fazendo um bonito contraste com o piso de tom escuro. Materiais naturais, como lã, bambu, tecidos e madeira garantem uma sensação acolhedora e criam um estilo com ares étnicos, graças às estampas e as esculturas espalhadas pelo ambiente.

Tons sóbrios

Nesta sala de jantar, o que mais chama a atenção são as cadeiras de modelos variados ao redor da mesa. Mas não é apenas esta multiplicidade de formas que dá graça ao espaço. Mesmo entre os assentos, existe uma profusão de texturas diferentes sobre cada uma das superfícies. O mix de cortiça, estofado, madeira e metal – nas versões polida e desgastada – cria uma atmosfera calculadamente rústica, arrematada pelo tapete com desenhos africanos e a madeira da porta e do estante.

No campo e moderna

Com interiores assinados pelo escritório Díptico, essa casa de campo possui ambientes com atmosfera natural e todo o conforto de uma morada urbana. No estar, um grande tapete de tom claro recebe o mobiliário, que mescla madeira e tecidos, criando um agradável jogo de texturas. Por fim, o painel de madeira arremata o clima rústico do décor.

Estética imperfeita

Neste espaço, elementos rústicos constroem uma simplicidade elegante. A estrutura do telhado e a parede sem acabamento, com manchas de tinta e tijolos à vista são amenizadas pela delicadeza das tramas de tricô, que aparecem nas almofadas e no pufe. Além disso, a suavidade das linhas finas do mobiliário garante o equilíbrio visual necessário.

Na medida ideal

Em uma construção industrial, esta cozinha ostenta uma coleção eclética de texturas: concreto, metal e madeira se mostram em diferentes estágios de ferrugem e desgaste, que adicionam um bocado de história à decoração. Tudo fica ainda mais cool graças à utilização criativa de elementos. Caixas antigas se tornam prateleiras enquanto um pedaço de telha metálica é usada como revestimento para a parede. Os pratos, copos, xícaras e panelas, naturalmente garimpados, completam a cena.

Elementos contrastantes

Nesta sala de estar, o rústico se choca com o sofisticado. Para começar, duas mesas de centro – uma esculpida à mão e outra clássica, de finos tubos metálicos – servem de apoio para objetos decorativos de estética oposta. O sofá de elegantes linhas retas ganha almofadas de estampas orgânicas e uma manta de lã de ovelha. Graças à abundância de luz, uma trepadeira cresce em um dos cantos.

Pegada industrial

Esta cozinha reúne um combo de tendências: exibe a estética industrial com elementos rústicos e a leveza do branco. Enquanto o piso é feito de cimento queimado, as paredes são revestidas por azulejos retangulares brancos – conhecidos como subway tiles. Mas o destaque fica mesmo por conta dos armários. Apesar de serem feitos de madeira de demolição, exibem linhas retas que os tornam muito chiques.

Atmosfera escandinava

Enquanto a parede da cabeceira deste quarto é toda de madeira rústica, os móveis são mais urbanos. A mesa lateral, de desenho simples e linhas finas, harmoniza com o pendente dourado, que entra na tendência dos metalizados. Mas o brilho aparece apenas nos detalhes.

Charme antiguinho

Nesta cozinha a mescla entre o velho e novo é, ao mesmo tempo, discreta e marcante: luminárias e eletrodomésticos contemporâneos, as rodinhas presas à mesa, a máquina de café e a camada de cor que reveste os tijolos são indicativos de um lar moderno. Enquanto isso, as vigas e os tijolos aparentes, em conjunto com a mesa de madeira, a cozinha com ladrilho hidráulico e os potes de especiarias, imprimem ao ambiente um ar de rusticidade que denuncia a antiga alma deste cômodo.

A dica para usar esse tipo de decoração é combinar elementos de toque natural ou estruturas expostas com peças ou revestimentos de estética oposta, criando, assim, um contraste interessante para a madeira na decoração.

Não se esqueça. Se sonhar não custa nada, faça planejado. Faça Tendence.

 

Fonte: CasaVogue

Comentários

comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário